Ads 468x60px

terça-feira, 5 de abril de 2011

Indústrias de tecnologia começam a sentir os efeitos da trágedia no Japão


Há mais ou menos um mês, a população do Japão sofreu (e continua sofrendo) com uma das maiores tragédias da história do país. O mundo inteiro foi solidário ao Japão e várias empresas criaram políticas de ajuda às vítimas do Tsunami. No entanto, só agora começou-se a contabilizar os prejuízos e a perceber o quanto esses desastres afetaram as indústrias que produzem equipamentos tecnológicos.

Muitas indústrias que produzem peças para componentes de computador, iPods, iPads, iPhones e outros, ou tiveram de suspender suas atividades ou foram atingidas pelos terremoto e Tsunami. O resultado não poderia ser outro: aumento no preço de chips de memória e falta de eletrônicos nos estoques de empresas tecnológicas. A Apple é uma das grandes empresas que têm sido severamente afetadas pelos acontecimentos no Japão e já começam a faltar iPods e iPads 2 nas prateleiras das lojas. Como a empresa Kureha, que precisou fechar suas portas, é responsável por fabricar e distribuir a solução química das baterias de lihtium-íon para 70% do mercado (os iPods usam esse tipo de bateria), a produção de eletrônicos portáteis foi diretamente afetada.

Torcemos para que o Japão consiga se reerguer como a potência que é! Pergunta: será que isso vai demorar muito para acontecer? É possível que a produção de eletrônicos do ano inteiro seja prejudicada devido aos desastres naturais ocorridos em solo oriental.


[Fonte: Product Reviews, Product Review 2]

Nenhum comentário:

Postar um comentário