Ads 468x60px

segunda-feira, 21 de março de 2011

Sony tenta contratar hacker e recebe um NÃO, na cara!


É relativamente comum grandes empresas contratarem hackers, que já invadiram ou descobriram vulnerabilidades em seus sistemas, para fazerem parte de seu quadro de pessoal. A Microsoft recentemente fez isso com a equipe que realizou o JB do Windows Phone 7. Seguindo a mesma linha, a Sony entrou em contato com um hacker para lhe oferecer uma vaga na equipe de desenvolvimento e segurança; o problema é que a empresa não imaginava que a resposta seria diferente da esperada.

A divisão de jogos da Sony norte-americana, mais precisamente a divisão do PlayStation, entrou em contato com o hacker Koushik Dutta, através de uma representante do setor de recrutamento, e perguntou se Koushik não queria se juntar à equipe de enganharia de software já que uma vaga iria abrir.

A resposta do hacker TROLL foi OWNANTE:
Eu agradeço que vocês tenham me contatado. A oportunidade parece ser muito interessante, no entanto, devido ao recente tratamento que a Sony tem dado ao nosso amigo hacker, George Hotz, eu não poderia, em boa consciência, trabalhar para a Sony.



O hacker ainda complementou em seu twitter:

 
 Sustente sua posição sobre os direitos online. Não se venda. @geohotus
O processo da Sony contra o hacker GeoHot deixou tanto a comunidade hacker quanto muitas pessoas do mundo dos jogos, furiosas; isso é fato! Parece que a Sony já começou a colher os frutos de seu maravilhoso trabalho.


[Fontes: TecnoblogIn-Game]

Nenhum comentário:

Postar um comentário