Ads 468x60px

quinta-feira, 15 de dezembro de 2011

Bill Gates estaria planejando seu retorno à Microsoft! (ATUALIZADO)


Desde que deixou a Microsoft, Bill Gates tem se dedicado às causas filantrópicas; principalmente através dos trabalhos realizados pela fundação Bill & Melinda Gates. No entanto, segundo o site de notícias Fortune - vinculado à CNN-, parece que o famoso ex-CEO da Microsoft está pensando em dar um tempo nas causas nobres e já estaria planejando uma volta silenciosa ao comando da empresa que fundou.

Nos últimos cinco anos, Bill Gates tem visto a Microsoft afundar sob o comando de Steve Ballmer, em um interminável mar de produtos malsucedidos e inexpressivos, e os rivais diretos da empresa, Apple e Google, abocanharem os mercados de computadores, dispositivos móveis (incluindo smartphones) e sistemas operacionais. Nem as compras do Skype e da divisão de dispositivos móveis da Nokia, e a integração do aplicativo de VoIP com o S.O móvel da empresa, salvaram a Microsoft do fiasco que tem sido sua participação no mercado de smartphones.

Segundo o analista Ed Maguire, da CLSA Asia-Pacific Markets, "há muita frustração com Steve Ballmer entre os investidores(...). Alguma é merecida, outra pode não ser. Mas existe certamente uma percepção de que Ballmer é responsável pelo baixo desempenho das ações". Quando Bill Gates deixou o cargo de CEO da Microsoft, em 1999, as ações da empresa estavam valendo quase US$ 60,00, agora, sob a direção de Steve Ballmer, elas estão valendo meros US$ 25,00.

Não seria a primeira vez que um fundador volta à casa para organizar o meio de campo e tentar recuperar o status e a credibilidade da empresa; Steve Jobs e Howard Schultz são dois exemplos disso, recuperando, respectivamente, a Apple e o Starbucks.


[Fonte: Fortune, Adrenaline]
----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Atualização:

O site All Things Digital entrou em contato com a assessoria de imprensa de Bill Gates e obteve a resposta de que o ex-CEO e fundador da Microsoft não pretende voltar à empresa, dando "fim" aos "rumores" que circulam pela internet. Sinceramente? Pode ser que isso seja verdade, até não dúvido, mas para mim está mais parecendo uma jogada para manter o retorno de Gates, à Microsoft, o mais silencioso possível.

Será que são mesmo rumores? Isso apenas o tempo e o próprio Bill Gates poderão dizer.


[Fonte: AllThingsD]

Nenhum comentário:

Postar um comentário