Ads 468x60px

quarta-feira, 10 de abril de 2013

WikiLeaks libera seu maior lote de registros secretos dos EUA!

No dia 8 deste mês, anteontem, o WikiLeaks liberou publicamente um mega pacote de registros confidenciais vindos do governo dos EUA. Chamado de "Kissinger Cables", o pacote inclui mais de 1,7 milhões de registros secretos sobre fatos ocorridos entre 1973 e 1976, e é considerado o maior lote de informações confidenciais já liberadas pelo WikiLeaks até o momento!

O nome do pacote faz referência direta ao ex-Secretário de Estado dos EUA, Henry Kissinger, e cerca de 200.000 dos 1,7 milhões de registros contidos no Kissinger Cables dizem respeito a ele. O WikiLeaks deu detalhes de que informações podem ser encontradas no pacote liberado:
O Kissinger Cables compreende mais de 1.7 milhões de registros diplomáticos dos EUA no período de 1973 a 1976 e inclui 205.901 registros relacionados ao antigo Secretário de Estado dos EUA, Henry A. Kissinger. Datando de 1º de janeiro de 1973 a 31 de dezembro de 1976, os registros cobrem uma variedade de tráfego diplomático incluindo telegramas, registros de inteligência e correspondências do congresso. Eles incluem mais de 227.000 telegramas classificados como "CONFIDENCIAL" e 61.000 como "SECRETO". Talvez o mais importante seja a presença de mais de 12.000 documentos com a restrição sensitiva de manejo "NODIS", ou "no distribution", e mais de 9.000 rotulados como "Eyes Only" (somente olhos).
O WikiLeaks explica que os telegramas revelam "revelações significantes de envolvimento dos EUA com ditaduras fascistas, particularmente na América Latina, sob o comando de Franco da Espanha, e na Grécia sob o regime dos coronéis. Ainda segundo o WikiLeaks, as informações liberadas somam um total de mais de 380 GB no formato raw PDF.

Agora a coisa FEDEU!


[Fonte: Gizmodo, WikiLeaks]

Nenhum comentário:

Postar um comentário