Ads 468x60px

quarta-feira, 19 de janeiro de 2011

Microsoft reconhece esforço de hackers e GeoHot decide entrar em cena

All rights reserved to Engadget

Primeiro a Microsoft deu o maior apoio aos desenvolvedores que criaram drivers Open Source para o Kinect, agora apoia hackers que conseguiram rodar softwares Homebrew no Windows Phone 7 e fizeram o jailbreak e o unlock do sistema. Eles até ganharam uma camiseta com os dizeres: "Eu fui o primeiro a realizar o jailbreak do Windows Phone 7 e tudo que eu ganhei foi essa camiseta abominável.". Estamos vendo alguma coisa acontecer.

Impressionado (eu também) pela forma como a Microsoft lidou com o Chevron WP7 Team, grupo responsável por realizar o jailbreak e unlock do sistema Windows Phone 7, GeoHot atualizou seu site hoje, dia 19/01, com duas pequenas mensagens:
 
perhaps a more appropriate way to deal with jailbreakers
I’m going out to buy a Windows 7 phone
 
Talvez um jeito mais apropriado de lidar com (aqueles que fazem o jailbreak) jailbreakers
Eu sairei para comprar um telefone com Windows (Phone) 7.
Algumas horas depois, o diretor da divisão do Windows Phone 7, Brandon Watson, escreveu - abertamente - o seguinte tweet para GeoHot:

Image taken from Redmond Pie

#geohot se você quiser construir (criar) coisas bacanas no #wp7,  me mande um e-mail e a equipe te dará um telefone - deixe a criatividade desenvolvedora aflorar #wp7dev

Não sei se o tweet foi uma resposta direta às frases colocadas por GeoHot em seu site, mas ao contrário do que fizeram a Apple e a Sony, a Microsoft adotou uma postura extremamente amigável com os hackers. A verdade é que essa posição da Microsoft, com relação aos hackers, pode ser considerada promissora para toda a comunidade desenvolvedora e concordo com o site Redmond Pie ao dizer que isso com certeza ajudará o Windows Phone 7 a crescer mais rapidamente.

Tenho que admitir que essa foi uma jogada de mestre! Ponto para a Microsoft.


[Fontes: Redmond Pie, Engadget, ChevronWP7]

Nenhum comentário:

Postar um comentário