Ads 468x60px

segunda-feira, 5 de dezembro de 2011

Dica.: Como evitar a entrada de insetos no gabinete!


Com certeza muitos de vocês já devem ter aberto o gabinete de seu computador e se deparado com uma quantidade enorme de poeira e pequenos insetos mortos dentro dele, não é verdade? O que muitos não sabem, é que estes pequenos insetos (e a poeira) podem impedir o bom funcionamento dos componentes ou até danificá-los gravemente. Pois bem, para evitar que os indesejados insetos entrem no gabinete, sejam sugados pelos exaustores/coolers fixados no chassi ou através das entradas traseiras, existem alguns cuidados que devem ser tomados e técnicas que são utilizadas para resolver o problema.

Antes das dicas, um pouquinho de história. O termo BUG, utilizado atualmente para descrever uma falha de um software ou hardware, surgiu em 1878 quando Thomas Edison notificou que um inseto foi o responsável pelo mau funcionamento de um invento seu, conhecido como Fonógrafo. No entanto, foi Grace Hopper quem usou o termo BUG pela primeira vez da forma como ele é usado hoje, após descobrir - depois de muita pesquisa - que um inseto havia sido o responsável pelos problemas de funcionamento do gigantesco computador Mark II, da Universidade de Harvard. Isso aconteceu em 1945 e Grace documentou que os problemas da máquina foram causados por um inseto que estava preso aos contatos de um relê (interruptor acionados eletricamente).

Apesar de Grace ter usado a palavra BUG pela primeira vez, com o sentido que damos a ela no mundo da informática, o termo BUG se popularizou mesmo com o primeiro computador digital inteiramente eletrônico, o dinossauro ENIAC! Como ele era movido a válvulas, atraia milhares de insetos devido ao calor gerado pelos movimentos delas. Com isso, dezenas ou centenas de válvulas queimavam a cada hora e era necessário abrir o ENIAC, que ocupava o espaço de uma sala inteira, constantemente para retirar a grande quantidade de insetos mortos. Descobriu-se, então, que os insetos provocavam curtos-circuitos nas placas do ENIAC. Interessante, não? =D

Chega de conversa e vamos para as dicas. Uma regra básica, e que pouca gente segue, é tampar/proteger o gabinete quando o computador não estiver sendo usado. Para isso, basta cobrir o gabinete com uma capa própria ele, a qual pode ser encontrada em lojas de informática ou encomendada (basta comprar o material em lojas especializadas em plástico ou tecido e levar a uma costureira). Gamers geralmente possuem gabinetes com várias saídas e entradas de ar, as quais são destinadas a fixação de exaustores e coolers (ventoinhas). Nesse caso, o ideal é colocar filtros de ar - que podem ser telas perfuradas de tecido - entre o chassi e as ventoinhas, tomando o devido cuidado para que o filtro fique bem esticado e fixado no chassi. Caso não encontre o filtro em lojas, basta comprar daqueles tecidos utilizados em mosquiteiros para crianças e bebês, e recortar o pedaços certos para as saídas de ar. =D

Resumindo em tópicos, temos:
  • Proteger o gabinete com uma capa quando o computador não estiver sendo utilizado
  • Colocar filtros de ar nas saídas de ar do gabinete, onde geralmente são colocados exaustores/coolers

E aí, gostaram das dicas? Então clique nos botões "Curtir" e "+1", e compartilhe esta publicação, pode ser que outras pessoas também a achem útil! =D

Nenhum comentário:

Postar um comentário