Ads 468x60px

quarta-feira, 12 de dezembro de 2012

Review.: TuneUp Utilities 2013



Existem vários programas que prometem aumentar a performance (no popular, dar um boost) de computadores e notebooks a partir da otimização de recursos do sistema, limpeza de registro etc, mas o TuneUp Utilities é, sem sombra de dúvidas, um dos melhores disponíveis atualmente no mercado. A equipe da TuneUp nos disponibilizou uma cópia da versão 2013 de seu kit de ferramentas para testarmos e avaliarmos; bom, gostamos tanto que decidimos fazer um review dela!

Resumo

Começo este review com uma pequena explanação do que vem a ser o TuneUp Utilities 2013 e pra quê ele serve. O referido programa nada mais é que um pacote de ferramentas utilizadas na otimização de recursos da máquina e do sistema operacional, ou seja, ela verifica funcionalidades pouco utilizadas e que consomem muita memória do sistema, checa inconsistências no registro do Windows, o espaço ocupado pela lixeira e por arquivos temporários que não estão mais em uso, e por aí vai. Eu sempre recomendo programas como o Marcos Velasco Reg Clean (MV RegClean) e o Ccleaner, que são de graça e cumprem com o que prometem, mas eles são programas que tratam apenas de aspectos pontuais, diferentemente do TuneUp Utilities. Apesar do TuneUp Utilities ser uma solução paga, acredito que o valor da licença compensa a riqueza de utilitários presentes no pacote, além de possuir várias funcionalidades bem bacanas e extremamente úteis.

Para quem não sabe, toda vez que um programa ou aplicativo é instalado no Windows ele gera entradas no registro do sistema. Na maioria das vezes, mesmo depois de desinstalarmos um programa/aplicativo ainda ficam vestígios dele nesse registro e é justamente por isso que é muito importante fazer limpezas constantes nele (também nos dados de navegação e arquivos temporários), pois parte da demora na inicialização do sistema está ligada ao inchaço do registro do Windows com informações desnecessárias.

Máquinas utilizadas

Para este review, foram utilizadas duas máquinas: um notebook DELL Studio 1458, com configuração mediana, e um PC customizado de configuração boa. O notebook foi escolhido como uma das máquinas porque seu HDD nunca foi formatado ou desfragmentado, a limpeza do registro raramente foi feita e todos os recursos do Windows Aero se encontravam ligados, algo que acontece com extrema frequência entre a grande maioria dos usuários leigos e padrão; já o desktop se trata de uma máquina com manutenção em dia e foi escolhida na tentativa de reproduzir as máquinas utilizadas por usuários com conhecimento médio ou avançado. Para este review, utilizaremos as telas apresentadas no sistema do Notebook por uma questão óbvia: quanto mais problemas, melhor será a análise! Abaixo seguem as principais especificações das máquinas:

Notebook
Processador.: Intel Core i5-450M
Memória RAM.: 6 GB DDR3 (1066 MHz)
Placa de vídeo.: ATI Mobility Radeon HD 540v (512 MB dedicado)
Armazenamento.: HDD de 500 GB 5400 rpm

PC
Processador.: Intel Core i7-2600K LGA 1155 (overclocked)
Placa-mãe.: ASUS P8Z68-DELUXE
Memória RAM.: 16GB DDR3 Corsair Vengeance (2133 MHz)
Placa de vídeo.: ASUS Nvidia GeForce GTX 560 Ti Superclocked (SOC)
Gabinete.: CoolerMaster HAF 922 com 6 coolers/fans de chassi
Armazenamento.: 1x HDD de 1TB 7200 rpm e 1x HDD de 200 GB 5400 rpm

Telas iniciais

Assim que o programa é iniciado pela primeira vez, uma tela de boas vindas com um botão bem grande é apresentada ao usuário. A tela é totalmente autoexplicativa, basta clicar no botão "Iniciar análise" para que o programa comece a fazer uma varredura no sistema.


Tela de varredura
Tela de resultado da varredura
Após a varredura do sistema, aparecerão na tela os problemas encontrados pelo programa e o grau de comprometimento do sistema, tudo discriminado em itens. Caso o usuário queria saber mais informações sobre os problemas encontrados nos itens dispostos, basta ele clicar em um dos links que aparecem em vermelho (conforme figura acima). Para corrigir os problemas encontrados de forma automática, basta o usuário pressionar o botão "Executar manutenção". Mais uma vez, tudo muito autoexplicativo e de simples entendimento.

Tela de correção de problemas

Interface do Start Center

Para aqueles usuários que não querem apenas resolver os problemas do sistema, encontrados pelo programa, e preferem uma tela mais completa com todas as informações disponíveis, o TuneUp Utilities 2013 possui um módulo chamado Start Center que possui uma interface muito simples, intuitiva, colorida (você pode achar que não, mas faz toda a diferença) e bonita. Algumas funcionalidades ficam um pouco escondidas, mas nada que uma fuçada nos menus não resolva (clique nas imagens para ampliar).

Tela inicial do Start Center
No quadro "Melhorar o desempenho", ao clicar no botão "Criar perfil" o usuário é convidado a responder a algumas perguntas a fim de que o programa possa determinar, de forma personalizada, as configurações ideais para cada sistema. É claro que o usuário pode escolher manter tudo do jeito que está, mas o programa visa auxiliá-lo a definir quais são as configurações de sistema que melhor se adequam ao seu perfil.


Destaque nas recomendações do TuneUp Utilities para o perfil configurado (em vermelho)
Clicando no link das recomendações (conforme mostra a figura acima), que aparece logo após o usuário definir um perfil no programa, uma tela com quatro abas se abre ("Visão geral", "Hardware e software", "Configurações de Internet" e "Efeitos Visuais") e apresenta ao usuário onde se encontram as recomendações personalizadas de otimização.


Tela mostrando que o sistema já está otimizado
O TuneUp Utilities 2013 também dá ao usuário a opção de configurar três diferentes modos de otimização do sistema, que podem ser ativadas dependendo do uso: "Economy", "Normal" e "Turbo", conforme destacado na figura acima (não configurei os outros modos, pois não senti necessidade).

Tela de "organização" do sistema (limpeza do sistema)

Tela de configurações do TuneUp Utilities 2013
Funcionalidades interessantes

O TuneUp Utilities 2013 conta com um Widget (Gadget) de Área de Trabalho que fornece o status do sistema ao usuário e avisa se alguma ação de manutenção se faz necessária. Algo que considero bastante útil, pois nem sempre o usuário lembra de que precisa executar o programa constantemente.

Widget (Gadget)
Outra ferramenta interessante é o TuneUp Disk Doctor. Ela procura por setores defeituosos no HDD e erros no sistema de arquivos e tenta repará-los automaticamente para evitar a perda dos dados gravados. O TuneUp Utilities 2013 também dá acesso ao desfragmentador de disco do Windows e recomendamos que ele seja utilizado antes do TuneUp Disk Doctor.



Mais um recurso interessante é o desfragmentador de registro, algo que eu - particularmente - nunca tinha visto em programas do gênero. Assim como acontece no HDD, as entradas no registro não são gravadas de forma sequencial e o processo de desinstalação de programas pode deixar "buracos" no registro. A fragmentação do registro pode ocasionar problemas de funcionamento em alguns programas.


Sob a aba "Corrigir problemas" do Start Center, o usuário também encontrará um restaurador de arquivos excluídos, o qual funcionou de forma satisfatória em nossos testes (de dez arquivos selecionados consegui recuperar oito, uma taxa considerada excelente).


Melhoria no sistema

Após executar os procedimentos descritos pelo TuneUp Utilities 2013, até o status do Gadget do TuneUp ficar verde, cronometrei o tempo de inicialização do Windows 7 nas duas máquinas testadas. O resultado, de certa forma, me surpreendeu, pois percebi uma diminuição no tempo de inicialização de cerca de sete (7) segundos no notebook e de três (3) segundos no desktop (os sistemas foram reiniciados quatro vezes). Alguns podem achar que isso é muito pouco, mas eu digo que não é e aqueles que conhecem pelo menos um pouco de informática sabem que a melhora foi significativa; isso sem falar que o tempo de carregamento dos processos iniciados logo após a efetuação do login nos sistemas também diminuiu (mas esse não foi cronometrado e só fez diferença mesmo no notebook).

Custo


O programa com certeza vale o investimento. A versão completa dele é disponibilizada por meio de uma licença que pode ser utilizada em até três computadores e custa R$ 79,00, ou seja, apenas R$ 26,33 por computador. Se você já possui a versão 2012, pode fazer o upgrade para a versão 2013 por R$ 55,00.

Veredicto (9/10)


Dei nota nove (9) porque, na minha opinião, o TuneUp Utiilites deveria fazer uma limpeza mais profunda do registro. Assim que conclui os testes com o TuneUp Utilities, utilizei o MV RegClean para checar se ainda haviam inconsistências no registro e várias ocorrências apareceram; resumindo, no quesito "registro do windows" a limpeza feita é um tanto quanto superficial. Fora isso, reafirmo o que falei no primeiro parágrafo deste post: o TuneUp Utilities é um excelente programa para quem está precisando dar uma melhorada no desempenho de sua máquina.

O TuneUp Utilities 2013 está mais que recomendado pelo RN.
Possui críticas ou sugestões para fazer sobre este review? Então utilize nosso sistema de comentários e solte o verbo!

7 comentários:

  1. Nunca confiei e nunca vou confiar em programas que mexem no registro do windows prometendo "melhorar" a performance, é só uma questão de tempo até você precisar instalar ou remover qualquer coisa pra ter problema de permissão no registro e não conseguir fazer mais nada no Windows.
    Além dele desativar serviços do windows que a primeira vista parecem dispensáveis, até que você começa a ter problemas com vários softwares.
    A melhor solução para arrumar o Windows ainda vai ser a boa e velha formatação.
    O que eu recomendo para manter um PC Windows com uma performance aceitável sem a necessidade de formatar em curto prazo é a utilização de um bom Anti-Vírus Firewall Anti-spyware, como o Kaspersky Internet Security que contém tudo isso junto e ainda muito mais recursos de segurança.

    ResponderExcluir
  2. Concordo em parte com você, Tiago, pois acredito que fazer uma limpeza de registro, arquivos temporários e lixeira é sempre bom de vez em quando.

    ResponderExcluir
  3. Fantástico o review!

    Já conhecia a versão 2012 do TuneUp Utilities, instalei a 2013 aqui e segui algum dos seus passos que recomendou e fiquei chocado com quantidade de lixo que tinha escondido em meu PC....:)

    Valeu pela dica!

    ResponderExcluir
  4. Que bom que gostou do Review, Eduardo! Agradeço os seus elogios!
    Abraços

    ResponderExcluir
  5. queria um comparativo se possível com o TUNEUP 2013 e Advanced SystemCare PRO 6

    ResponderExcluir
  6. Bom dia, Caio! Vou entrar em contato com a empresa desenvolvedora do Advanced System PRO, hoje mesmo! Se ela nos fornecer uma licença do software, eu mesmo farei o comparativo. Agradeço sua participação.

    ResponderExcluir