Ads 468x60px

quarta-feira, 13 de fevereiro de 2013

Agora é oficial: Apple perde a marca "iPhone" no Brasil para a Gradiente!

Imagem: Divulgação/Gradiente iPhone neo one
No finalzinho do ano passado, mais precisamente no dia 18/12/12, a Gradiente Eletronica lançou seus primeiros smartphones iPhone (os quais são equipados com Android), o que causou um certo espanto em muitos consumidores. Na ocasião do lançamento, a empresa IGB Eletrônica, dona da marca Gradiente, divulgou que era "detentora exclusiva dos direitos de registro sob a marca IPHONE no país" e que adotaria "todas as medidas utilizadas por empresas de todo o mundo para assegurar a preservação de seus direitos de propriedade intelectual". Não é que a empresa adotou tais medidas, mesmo, e ganhou?

Resumindo, a novela protagonizada pelas empresas Apple e Gradiente, a respeito da marca "iPhone", finalmente chegou ao fim: em decisão publicada hoje, dia 13/02, o INPI (Instituto Nacional da Propriedade Industrial) negou o pedido da Apple e assegurou à Gradiente o direito de utilizar e comercializar a marca "iPhone" no Brasil.

Imagem: Divulgação/Gradiente iPhone neo one
Segundo a IGB Eletrônica, dona da marca Gradiente, o pedido de registro da marca "iPhone" no Brasil foi feito pela Gradiente em 2000, sete anos antes da Apple lançar o seu primeiro iPhone, mas só a partir de janeiro de 2008 a empresa ganhou o direito de usá-la e tal concessão é válida até 2018. Palavras da IGB: "A companhia teve seu registro concedido pelo órgão federal e passou a deter os direitos exclusivos de produção e comercialização dessa marca até 2018".

Imagem: Divulgação/Gradiente iPhone neo one
A Apple disse que vai recorrer da decisão, mas é pouco provável que ela consiga ganhar essa. Caso o recurso não dê em nada, a Grande Maçã Branca não poderá mais comercializar a marca iPhone no Brasil, pelo menos até 2018. Talvez a Apple até proponha que um acordo de cavalheiros seja feito, mas pelo visto a Gradiente não está muito inclinada em aceitar. O jeito é esperar para ver o que vai acontecer.


[Fonte: Info, Engadget, Olhar Digital]

Nenhum comentário:

Postar um comentário