Ads 468x60px

quarta-feira, 27 de outubro de 2010

Skype proíbe o Nimbuzz de agregar seu serviço (ATUALIZADO)


Não é de agora que o Skype cria caso com programas que gerenciam mais de um serviço de rede social ao mesmo tempo. Dentre esse programas nós temos o Fring, o Nimbuzz, o IM+ e outros. Os programas citados são centros de gerenciamento de serviços de mensagens instantâneas (Msn Messenger, Google Talk, AOL, Skype) e de redes de relacionamento ( Twitter, Google Buzz, Facebook). Pois bem. Todos conhecem o Skype, certo? Aquele programa que se usa para realizar chamadas VoIP, pagando-se muito mais barato em ligações internacionais (e pagando nada em ligações locais ou de Skype para Skype), ou chamadas de vídeo.


O Nimbuzz é um programa gratuito e muito utilizado entre usuários de smartphones Nokia, Blackberry, iPhone e Android based (HTC, Samsung e outros), ou seja, abrange a principal gama de smartphones atualmente disponíveis no mercado. Primeiro o Skype decidiu implicar com o Fring, que era o principal aplicativo utilizado para realizar chamadas Skype Out via VoIP em smartphones, e solicitou a retirada de seu serviço do programa. Agora a bola da vez foi o Nimbuzz, através de uma solicitação formal. o_O

O que será que está por trás disso? Considerando o número gigantesco de usuários que utilizam o Nimbuzz, essa decisão não foi muito interessante (para não dizer burra!) se levarmos em conta o marketing e a propaganda da empresa desenvolvedora do Skype. A única explicação que consigo achar para isso é do ponto de vista da logística, visto que o Skype tem programa próprio e o número de downloads deve ter reduzido drasticamente. Mesmo assim não é uma coisa muito inteligente a se fazer, até porque não importa como as pessoas estão usando o serviço e sim se elas estão usando.

Eu mesmo uso o Nimbuzz no meu N97 e digo que é um programa excelente! Desde o dia do anúncio, foram enviados, pelo próprio perfil do Nimbuzz no Twitter, vários tweets sobre o cancelamento do serviço Skype no Nimbuzz. A partir do dia 31 desse mês (outubro) não será mais possível acessar o serviço Skype pelo programa Nimbuzz.

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Atualização:

Assim que terminei de escrever o post, encontrei fragmentos da declaração dada pelo chefe executivo do Nimbuzz, Evert Jaap Lugt, e da resposta dada pela assessoria de imprensa do Skype. Confira as duas logo abaixo:

Skype’s decision is unfair to its own and our users,(...). People want to choose how they communicate and to be able to make calls and send messages, regardless of service, social network, device or operator network. Nimbuzz gives them the freedom to do so, Skype does not.
A decisão do Skype é injusta com seus próprios usuários e com os nossos,(...). As pessoas querem escolher como elas se comunicam e são capazes de realizar chamadas e mandar mensagens, independentemente do serviço, da rede social, do dispositivo ou da operadora de rede. O Nimbuzz dá essa liberdade para o usuário, o Skype não.

A resposta que a assessoria de imprensa do Skype deu foi:

Skype has been in discussions with Nimbuzz regarding our concern and belief they were using Skype’s software in ways which it was not designed for, in a breach of our API Terms of Use and End User Licence Agreement.
O Skype tem tido discussões com o Nimbuzz a respeito da nossa preocupação de acreditar que eles estavam usando o software do Skype de maneiras para as quais ele não foi desenvolvido, em uma brecha dos nossos termos de uso da nossa API (Application Programming Interface) e do Acordo de licença de usuário final.

Resumindo: o Skype alega que o Nimbuzz está se utilizando de uma brecha na licença de uso e nos termos de programação para poder implementar o serviço do Skype em seus software. Bla Bla Bla.... até parece que é isso mesmo. o_O

Nenhum comentário:

Postar um comentário