Ads 468x60px

terça-feira, 3 de abril de 2012

Evento.: Cobertura do evento Game Night Show!


Conforme anunciamos aqui no blog, o Game Night Show (GNS) foi realizado na FNAC de Brasília, no dia 30/03, e nós estávamos lá para cobrir o evento. Quem não foi, perdeu uma grande oportunidade de saber um pouco mais sobre o desenvolvimento de jogos e como é o mercado de trabalho para quem pretende ingressar nessa área. Além disso, foram apresentadas algumas linguagens de programação usadas na criação de jogos e a roupa responsável pela captura de movimentos, utilizada em jogos como KillZone 3 e FIFA 12.


Clique na imagem para ampliar
O GNS foi marcado por palestras, demonstrações, brincadeiras e sorteios de kits e bolsas de estudo praticamente INTEGRAIS da Seven Game, uma das empresas idealizadoras do evento e que possui excelência no ensino de computação gráfica e produção de jogos.
O GNS começou religiosamente às 19:30 h e o local onde estava sendo realizado o evento ficou pequeno: ele estava, simplesmente, LOTADO! Mal tinha começado e de cara o pessoal da Seven Game chamou ao palco a principal atração da noite: a fantástica roupa de captura de movimentos.

Desmonstração da roupa (apresentadora à esquerda) e do software responsáveis pela captura de movimentos.
A roupa possui vários sensores espalhados por diversas partes do corpo, os quais são ativados via bluetooth e possuem um alcance bem razoável. Esses sensores funcionam como "mapeadores" dos movimentos executados pela pessoa que está vestindo a roupa; eles são extremamente sensíveis, capazes de capturar inclusive os movimentos das articulações. É por isso que a movimentação dos personagens de jogos como FIFA 12, por exemplo, parece tão real.

Roupa responsável pela captura de movimentos
Antes e depois da apresentação da roupa, feita pela equipe da Seven Game, foram dadas palestras super interessantes - algumas delas apresentadas pelo Diretor de Marketing da FiraSoft, Felipe de Moraes Modesto - a respeito das linguagens de programação mais utilizadas na produção de jogos, como é feita a modelagem de jogos 3D, quais as principais Engines utilizadas atualmente e como é o mercado para quem quer virar um profissional da área de criação de jogos e computação gráfica.

Em seguida, o segundo ponto alto da noite: o lançamento do jogo "Mexa-Se!"


Além da apresentação do jogo, foram feitas diversas brincadeiras com pessoas da platéia para demonstrar o funcionamento e a dinâmica dele! O "Mexa-Se" é um jogo de mímicas que segue o estilo do tão famoso jogo de tabuleiro "Imagem & Ação", só que dispensa a necessidade de se utilizar peões, para marcar a posição de uma equipe, ou tabuleiro.

Apresentação do jogo em tempo real


O jogo é muito divertido! O único problema dele é que não dá para roubar umas "casinhas" do tabuleiro, o que faz parte da diversão de jogar "Imagem & Ação", não é verdade? =D. Vamos fazer uma review completa do jogo, para que vocês tenham noção do quão divertido ele é! Ah, já falei que ele GRATUITO? ;)

Momento de descontração durante a apresentação, ao vivo, do jogo "Mexa-Se!"

Parte da equipe responsável pelo desenvolvimento e lançamento do jogo "Mexa-se"

Equipe da Seven Game que estava presente no evento

Kits "Seven Game" foram sorteados no evento

Conteúdo do Kit Seven Game

No mais, o evento foi muito bacana, encontramos diversos leitores do blog lá e, de novo, quem não foi perdeu! =D
Queremos parabenizar todas as equipes da Seven Game, da FiraSoft e da Move Games pela realização do Game Night Show!
Em breve postarei alguns vídeos de apresentações feitas no GNS.

3 comentários:

  1. Realmente, o evento foi muito interessante, o pessoal parece ser muito competente, o local estava lotado. Parabéns a todos os envolvidos.
    Em breve o post com a análise do jogo estará no ar.

    ResponderExcluir
  2. Na verdade a seven se da bem pois organiza os eventos, fui aluno da Seven CG e da Seven Games a CG somente lhe ensina tutoriais de revistas, coisa que vc's aprendem em casa.
    Já a Seven Games foi a maior roubada da minha vida, fiquei mais de 1 ano e após finalizar a parte de game design, descobri que eu e minha turma não tinhamos aprendido nada o bastande para fazer um jogo. Não tivemos boas aulas com profissionais realmente qualificados, e sim com muitos professores que somente sabiam o basico de 3D, ou quando o professor era muito bom, era mandado para rua pois falava da realidade do curso.
    O que difere a SEVEN das outras empresas de informática é a capacidade de fazer uma boa propaganda e enganar as pessoas.

    ResponderExcluir
  3. Agradeço a você pelo seu relato, Vitor, pois só assim podemos ver os dois lados da moeda. ;-)

    ResponderExcluir