Últimas Notícias

Venda do tablet Galaxy 10.1 é proibida nos EUA


Eis que na briga de patentes entre Apple e Samsung, a gigante de Cupertino ganhou mais uma. Só que desta vez a vitória da Apple foi algo realmente preocupante para a Samsung, pois a empresa conseguiu proibir a venda do tablet Galaxy Tab 10.1 nos EUA, paraíso do consumismo. A sentença foi prolatada pela juíza Lucy Koh, da Califórnia.

Para quem não se lembra, a Apple conseguiu que um tribunal da Europa suspendesse as vendas do Galaxy Tab 10.1 por violação de patentes no design do dispositivo; a Samsung chegou a alterar o Design do Galaxy 10.1, de forma bem sutil, para que o tablet pudesse ser vendido na Alemanha, mas parece que o "novo" modelo não chegou a ser lançado nos EUA. Em resposta aos processos e às vitórias da Apple, a Samsung tentou barrar as vendas do iPhone 4S, mas não obteve sucesso.

De acordo com o portal de notícias G1, a juíza em questão havia negado o pedido da Apple anteriormente, no que se referia à venda de portáteis da Samsung, mas uma Corte Federal de apelação solicitou que Lucy Koh reconsiderasse sua decisão com relação aos tablets da empresa; e ela o fez. Segundo Koh, "Embora a Samsung tenha o direito de competir, não tem o direito de concorrer de forma desleal, inundando o mercado com produtos que infringem a lei". A decisão passa a valer assim que a Apple assinar um documento concordando com o pagamento de US$ 2,6 bilhões à Samsung, como proteção a danos sofridos pela gigante coreana, caso a decisão seja revogada posteriormente.

A Samsung se pronunciou a respeito da questão e disse o seguinte:
A Apple buscou uma decisão preliminar sobre do Galaxy Samsung Tab 10.1, baseada em uma patente de design única que envolve apenas um aspecto da concepção geral do produto (...) Se a Apple continuar a fazer reivindicações legais com base em uma patente genérica de design, a inovação e o progresso da indústria podem ser restringidos.

Apple Wins, again!
E você, o que achou da decisão?


[Fonte: G1]