Ads 468x60px

segunda-feira, 2 de maio de 2016

Justiça brasileira ordena bloqueio do WhatsApp por 72 horas!


Mais uma vez, a justiça brasileira determinou o bloqueio do WhatsApp em terras tupiniquins por, pelo menos, 72 horas. Portanto, se nenhuma liminar de desbloqueio for concedida, como aconteceu da outra vez, os usuários que utilizam o Brasil como localidade originária de uma conexão com a internet não serão capazes de usar o aplicativo durante esse período de bloqueio.

A determinação partiu do juiz Marcel Montalvão, responsável pela comarca de Lagarto/SE. A decisão do referido magistrado é de 26 de abril e teve como base o mesmo processo que culminou na prisão de Diego Dzodan, Vice-Precidente do Facebook na Ámerica Latina. Montalvão solicitou ao WhatsApp que este repassasse informações a respeito de uma quadrilha de tráfico interestadual de drogas à Polícia Federal, mas a companhia se negou a atender o pedido do magistrado até o presente momento.

As operadoras Vivo, Claro, Tim, Oi e Nextel foram comunicadas da decisão e disseram que irão acatá-la, portanto é bem provável que usuários de links de internet (fixa ou WiFi) providos pela GVT, Telefônica, Net, Claro e Tim também não consigam enviar ou receber mensagens. As operadoras que descumprirem a decisão serão multadas em R$ 500.000,00 por dia!

Agora, se você é fanático pelo WhatsApp e não pode ficar um minuto sem ele, ainda há uma forma de se manter conectado ao aplicativo: utilizando um aplicativo que forneça serviço de túnel VPN. Geralmente, eu não recomendo o uso de aplicativos que "tunelam" a sua conexão à internet, pois nunca se sabe por onde seus dados vão trafegar antes de chegar ao destinatário, mas no caso do WhatsApp não tem muito problema pois, agora, as mensagens são criptografadas de ponta-a-ponta.

Para quem não quer usar apps de VPN, o jeito é esperar.


[Fonte: Folha de São Paulo]


Nenhum comentário:

Postar um comentário