Ads 468x60px

quinta-feira, 24 de novembro de 2011

Galaxy Nexus desbanca o iPhone 4S nos Benchmarks


O site AnandTech é famoso por realizar Benchmarks em componentes de computador e dispositivos. Desta vez, o site decidiu rodar os testes de desempenho nos principais smartphones tops de linha disponíveis no mercado atualmente (consequentemente são os mais usados) e o resultado final foi, de certa forma, surpreendente. Era de se esperar que a briga de verdade ficasse entre as novas gerações dos smartphones da Apple e do Google, mas foi uma surpresa ver o Google Galaxy Nexus (by Samsung) desbancar o iPhone 4S.

Já falamos sobre as especificações do novo membro da família Nexus, mas vale a pena repetir: processador TI OMAP 4460 Cortex A9 de núcleo duplo (dual-core) e clock de 1.2GHz, 1GB de memória RAM, S.O Android 4.0 Ice Cream Sandwich, 32GB de armazenamento, tela de 4,65" Super AMOLED HD com resolução 1280 x 720 px, bateria de 1,750 mAh, câmera principal de 5 MP, capaz de gravar vídeos em 1080p (Full HD), e frontal de 1.3 MP, WiFi a/b/g/n, tecnologia NFC e suporte às bandas LTE (4G) / HSPA+.

Ok, vamos ao que interessa: Benchmarks! No programa SunSpider Javascript Benchmark (versão 0.9.1), o smartphone do Google conseguiu um score de 1.879 pontos, enquanto o iPhone 4S obteve a marca de 2.250 pontos; neste teste, quanto menor o score, melhor. O Galaxy Nexus também desbancou o iPhone 4S no teste Rightware BrowserMark, atingindo impressionantes 98.272 pontos contra 87.841 pontos alcançados pelo smartphone da Apple; quanto mais pontos, melhor.



É importante dizer que o Google Galaxy Nexus perde feio para o iPhone 4S em termos de processamento gráfico, até porque o chip PowerVR SGX 540, que equipa o Galaxy Nexus, é mais fraco que o PowerVR SGX 543MP2, o qual equipa o iPhone 4S, mas em termos de desempenho de tarefas e resposta do S.O, por enquanto, o iPhone 4S foi vencido! Resumindo, o iOS 5 tomou uma surra do Android 4.0 Ice Cream Sandwich.

Os outros Benchmarks realizados podem ser encontrados no site AnandTech.


[Fonte: AnandTech, iMasters, Gizmodo]

Nenhum comentário:

Postar um comentário