Últimas Notícias

Nerd no Cinema.: Prometheus



Hell yeah, baby! I'm back!!!! \o/
Galera, desculpem a minha ausência, mas como alguns de vocês devem ter visto no FB do RN eu tive vários problemas com a assistência técnica do meu PC (não vou citar a marca; mentira, vou sim, NÃO COMPREM NADA DA MIRAX!!!!!) e passei 1 mês e meio desconectada. Passado o momento de revolta, enfim, voltei! ^^
E já volto falando da minha decepção com esse filme. É, amiguinhos, Prometheus não cumpriu o que prometeu (tu-dum psss! Adoro esses trocadilhos xD).
Cuidado! Esse post pode conter algum spoiler não intencional (andaram reclamando do meu post do Avengers ¬¬).


Lembrando que este post contém a minha e somente a minha opinião e não reflete o que o Rcomo um todo achou do filme (se é que mais alguém daqui foi assistir xD). Ressalva feita, vamos ao que interessa: minhas impressões do filme.

Todo mundo já sabe a história de Prometheuscomeça em 2089 com um casal de arqueólogos iniciando uma expedição trilionária para confirmar sua teoria de que a raça humana é descendente de extraterrestres. Segundo a teoria, os "engenheiros" deixaram pinturas rupestres em cavernas ermas, espalhadas pelo planeta, a partir das quais foi possível decifrar uma especie de convite dos criadores a uma constelação distante da Terra. Tal fato impulsiona a criação da expedição intergaláctica nomeada Prometheus, que tem o objetivo de pesquisar o surgimento da raça humana. Após quatro anos em estado de hibernação, a nave chega ao seu destino e as expedições exploratórias se iniciam, mas obviamente não saem conforme o planejado.

Pra começo de conversa, não vou falar mal do Ridley Scott. Acho que ninguém questiona o excelente trabalho que o cara faz, mas na boa... Are you kidding with me? Alien? De novo? Ah nem! Não estou desmerecendo o filme, que isso fique bem claro (morria de medo quando era criança; quem não morria), até porque ele é muito bacana, mas já deu o que tinha que dar, não é gente?

Teve uma galerinha que veio falar comigo sobre o comentário que postei no FB a respeito do filme e me disseram que o Prometheus é tipo o Flamengo: ou você adora ou você odeia. Eu não odiei o filme, só achei broxante decepcionante. Tudo bem que o filme vai ter uma continuação, até porque se não tiver vai ficar muito mais sem sentido, mas a história não precisava ser tãããããão reticente. Ficou muita informação incompleta, parece até Madrugada dos Mortos. Outra coisa que deixou muito a desejar: os efeitos em 3D. Cara, não tem quase nada! Até Madagascar 3 teve mais efeitos em 3D! Assista o filme em 2D mesmo, você não vai perder nada. #FikDik

Ok, vamos aos pontos positivos do filme. Como um tradicional filme sobre criaturas de outros planetas/galáxias temos infecções terríveis, parto bizarro e ataques aos terráqueos que ninguém gostaria de sofrer. As cenas são muito bem feitas; as imagens do planeta são lindas, basicamente só em escalas de cinza; tudo bem sombrio para combinar com o clima tenso do filme. A trilha sonora é muito boa e completa esse clima pesado.

Uma coisa que eu achei bem legal mesmo foi o Ridley ter apostado em novos atores e não apelar para super estrelas de Hollywood para fazer o filme. A Noomi Rampace (Trilogia Millenium - versão sueca - e Sherlock Holmes Jogo das Sombras) convenceu mais uma vez. A Charlize Theron não teve uma atuação muito marcante, mas a personagem dela não é marcante mesmo. Completam o elenco Michael Fassbender, Idris Elba, Guy Pearce, Logan Marshall-Green, Sean Harris, Rafe Spall, Emun Elliot, Benedict Wong e Kate Dickie.

Resumo da ópera...
Classificação (0 - 5): 3  *sendo muito legal*