Últimas Notícias

Curiosidade.: Encontrado o planeta de Star Wars!


Já imaginou se você pudesse dar uma voltinha pelo espaço e conhecer Mustafar, o planeta onde ocorreu o épico duelo entre Anakin e Obi-Wan? Pois esse seu desejo pode se tornar realidade um dia... talvez... quem sabe...?

Pois é, amiguinhos, na quarta-feira passada a NASA divulgou em seu site oficial a descoberta de uma bola de magma localizada fora do nosso sistema solar, muito semelhante ao planeta Mustafar do Star Wars Episódio III: A Vingança dos Siths. Esse novo candidato a exoplaneta recebeu o nome de UCF-1.01.
O astrônomo Kevin Stevenson, da NASA, e sua equipe estavam observando através do telescópio Spitzer o exoplaneta GJ 436b, que orbita em torno da estrela anã vermelha GJ 436, quando notaram sinais de luzes infra-vermelhas que não vinham nem do exoplaneta, nem da estrela. Depois de uma revisão nos dados recolhidos pelo Spitzer, os astrônomos notaram que essa radiação era periódica e que indicaria a possibilidade de um novo exoplaneta estar orbitando a estrela GJ 436 e bloqueando uma mínima parte de luz. Depois de várias observações com outros telescópios, foi constatada a existência do UCF-1.01.

O novo corpo celeste tem as mesmas propriedades de um exoplaneta, como por exemplo, orbitar em torno de uma estrela. O UCF-1.01 gira em torno da GJ 436 a distância aproximada de sete vezes a distância entre a Terra e a Lua, e o seu "ano" dura apenas 1,4 dia terrestre. Dada a sua distância para a sua estrela (muito mais perto que Mercúrio do Sol), a temperatura de sua superfície pode ser de mais de 1000ºF, ou 600ºC. O UCF-1.01 possui o 2/3 do tamanho da Terra, a sua distância do nosso planeta é de 33 anos-luz.

O Spitzer é usado para estudo de exoplanetas já conhecidos, mas essa é a primeira vez que o telescópio descobre um exoplaneta. Isso nos diz que o Spitzer pode ajudar a encontrar planetas do tamanho da Terra potencialmente habitáveis.


E aí, fã de Star Wars, quer fazer uma visitinha ao Mustafar e tentar encontrar as "partes perdidas" de Darth Vader? Quem sabe um dia será possível...?


[Fonte: NASA]